Quarta, 11 Novembro 2020 15:44

Festival Varilux de Cinema Francês 2020 | Filme - MAIS QUE ESPECIAIS

Participamos da coletiva de imprensa com os diretores do filme - Mais que Especiais (HORS NORMES) - Eric Toledano e Olivier Nakache.

Pra quem não conhece, o Festival Varilux de Cinema Francês 2020, vai acontecer presencialmente nas salas de cinema de todo país. Vale ressaltar, que cada um sabe o momento certo de ir ao cinema ou não. Ok?

O Festival reúne um clássico e 17 longas-metragens inéditos e recentes (201/2020) da cinematografia frnacesa. Os gêneros agradam a todos, vai ter comédia, drama e animação. Devido à pandemia do novo coronavírus, alguns exibidores terão a opção de programar o festival em datas diferentes - até o final de fevereiro de 2021. O importante, de acordo com a Bonfilm, produtora do evento, é que as produções cheguem ao público em todo Brasil e contribuam para a retomada dos cinemas do país.

E um dos filmes mais aguardados do festival será: Mais que Especiais, de Eric Toledano e Olivier Nakache, os mesmos diretores de Os Intocáveis e Samba. Ou seja, vem filme MUITO BOM, por aí.

Participamos da coletiva de imprensa com os diretores do filme - Mais que Especiais (HORS NORMES) - Eric Toledano e Olivier Nakache.

crédito: Carole Bethuel

Há​ 20 anos Bruno e Malik vivem num mundo à parte, aquele habitado pelas crianças e adolescentes autistas. Trabalhando cada um em uma instituição diferente, eles se dedicam à formação de jovens vindos de bairros problemáticos para tentar lidar com esses casos considerados “super-complexos”. Uma aliança pouco usual para personalidades fora do comum.

Participamos da coletiva de imprensa com os diretores do filme - Mais que Especiais (HORS NORMES) - Eric Toledano e Olivier Nakache.

Na coletiva, Olivier disse que a maioria dos atores são autistas e o único que não é, tem um irmão autista. :)

Participamos da coletiva de imprensa com os diretores do filme - Mais que Especiais (HORS NORMES) - Eric Toledano e Olivier Nakache.

Confirmado com sessões nas salas de cinema de todo o país, o Festival Varilux de Cinema Francês começa dia 19 de novembro e exibe 18 longas-metragens, sendo 17 inéditos e recentes (2019/2020) e o clássico “Acossado”, de Jean Luc-Godard - em homenagem aos 60 anos da Nouvelle Vague. Com uma edição atípica devido à pandemia, o evento estará nas redes exibidoras que seguem rígidos protocolos recomendados pelas autoridades sanitárias a fim de oferecer segurança tanto ao público quanto aos profissionais envolvidos na sua realização. Confira as cidades que vão transmitir os filmes do festival AQUI

Participamos da coletiva de imprensa com os diretores do filme - Mais que Especiais (HORS NORMES) - Eric Toledano e Olivier Nakache.

A edição 2020 também traz filmes premiados. “Apagar o Histórico” (Effacer l'historique), de Benoît Delépine e Gustave Kervern, ganhou o Urso de Prata neste ano, no 70ª Festival de Berlim por "filme que abre novas perspectivas". Já “Belle Epoque” (La Belle Époque), de Nicolas Bedos, foi detentor de três Césares em 2020: melhor roteiro original, atriz coadjuvante e direção de arte. E animação “A famosa invasão dos ursos na Sicília” (La fameuse invasion des ours en Sicile), longa do ilustrador e autor de histórias em quadrinhos Lorenzo Mattotti, inspirado no livro de Dino Buzatti. O filme ganhou o Prêmio da Fondation Gan pour le Cinéma. E muito mais! :)

Vale ressaltar, que participamos da Coletiva de imprensa de "Donas da Bola" e "Gagarine", também. Confira mais detalhes desses filmes:

Donas da Bola (Une Belle Equipe) - Coletiva com Mohamed Hamidi, diretor.

O filme já foi assistido por mais de 300 mil pessoas na França e chega ao Festival no dia 19/11. O filme conta com Kad Merad, Alban Ivanov e Céline Sallette.

Comédia – 1h35 (Distribuição no Brasil: Bonfilm)

Após se envolver numa briga, a equipe inteira de futebol da pequena cidade de Clourrières é suspensa até o fim da temporada. Com o objetivo de salvar esse pequeno clube do norte da França, que corre o risco de desaparecer, o técnico decide formar um time composto exclusivamente de mulheres para chegar ao fim do campeonato. Essa situação acabará por transformar completamente o cotidiano das famílias, abalando as convenções há muito estabelecidas naquela pequena aldeia.

Gagarine - Coletiva com Fanny Liatard e Jérémie Trouilh.

Com Alséni Bathily, Lyna Khoudri, Jamil McCraven | Drama - 1h 35 - Classificação indicativa: 14 anos (Distribuição no Brasil: Vitrine Filmes)

Youri, 16 anos, cresceu em Gagarine, enorme conjunto habitacional de tijolos vermelhos em Ivry-sur-Seine, onde sonha em se tornar um cosmonauta. Ao tomar conhecimento de que o lugar onde mora está ameaçado de demolição, Youri decide se somar a um movimento de resistência. Com a cumplicidade de Diana, Houssam e dos moradores, ele se atribui a missão de salvar o conjunto habitacional, transformado na sua “nave espacial”.

Read 33 times Last modified on Quarta, 18 Novembro 2020 20:27

Deixe um comentário

Sobre

O blog vai muito além do nome, pretende ser um lugar onde as pessoas gostam de saber das novidades, tendências e inspirações, mas tudo com muita qualidade e bom gosto. Transformando assim o "Pouco" em algo bem relativo. {não acham?!}

Venha você, também, ser Feliz com Pouco! ♥

Conheça!

We use cookies to improve our website. By continuing to use this website, you are giving consent to cookies being used. More details…