Quarta, 17 Fevereiro 2021 20:50

BERLIN ALEXANDERPLATZ | Crítica

O filme - BERLIN ALEXANDERPLATZ - estreia nessa quinta-feira (18 de Fevereiro), nos cinemas! Vem conferir a crítica, sem spoilers.

A A2 Filmes estreia nos cinemas brasileiros o drama BERLIN ALEXANDERPLATZ (Berlin Alexanderplatz), do cineasta e roteirista de origem afegã Burhan Qurbani (Nós Somos Jovens. Nós Somos Fortes) e baseado em um dos maiores romances alemães de Alfred Döblin.

Foi destaque da programação da 44ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e também exibido no Festival de Berlim 2020, o drama chegará aos cinemas de São Paulo, Rio de Janeiro, Vitória e Brasília.

O drama BERLIN ALEXANDERPLATZ traz um conteúdo adulto com muita prostituição, tráfico, poder e amor. É bem forte, que chega a ser angustiante. Prepare-se é um filme longo, às vezes cansa, mas tem partes que te prende.

O filme conta a história de Francis, que sobreviveu à sua fuga da África Ocidental, e luta por ser uma pessoa boa, mas não é exatamente isso que a narrativa oferece. O início já é angustiante e atordoado. Ele acorda em uma praia no sul da Europa, e está determinado a viver uma vida normal e decente de agora em diante. Mas acaba na Berlim atual, onde um apátrida sem permissão de trabalho é tratado tão impiedosamente.

O filme - BERLIN ALEXANDERPLATZ - estreia nessa quinta-feira (18 de Fevereiro), nos cinemas! Vem conferir a crítica, sem spoilers.

A narrativa é dividida em cinco partes, o que torna, um pouco mais fácil o entendimento. Começamos conhecendo Francis e o seu trabalho, por ser um refugiado, ele não tem muita escolha. Inicialmente ele resiste a uma oferta de traficar drogas, mas depois acaba conhecendo Reinhold, que o influencia a vender drogas, com a promesa de uma "vida melhor".

Francis acaba sendo demitido por ajudar um amigo/trabalhador gravemente ferido. Ele queria ser bom, mas não ganhou nada com isso. Reinhold, seu amigo neurótico e viciado em sexo o acolhe e oferece que ele traballhe para ele, em troca de casa e comida, surge uma proposta bem inusitada para Francis.

O filme - BERLIN ALEXANDERPLATZ - estreia nessa quinta-feira (18 de Fevereiro), nos cinemas! Vem conferir a crítica, sem spoilers.

"Você quer ser bom, em um mundo que é mal"

Reinhold passa a chamar Francis de Franz, depois de o envolver em uma bela de uma enrascada.

Franz é empurrado para fora do carro e aparece hospitalizado, em seguida, com o braço amputado. Eva, tira Franz do hospital e o leva até a casa de uma amiga (Mieze), para cuidar dele... Ele volta a falar com Reinhold e a traficar, se apaixona e muitas coisas acontecem. Quando Francis conhece Eva, a dona do clube, e a prostituta Mieze, ele sente que encontrou algo que faz sentido pela primeira vez, algo que ele nunca conheceu antes: um pouco de felicidade - que é exatamente o que Reinhold o inveja e fará tudo para destruir.

O filme - BERLIN ALEXANDERPLATZ - estreia nessa quinta-feira (18 de Fevereiro), nos cinemas! Vem conferir a crítica, sem spoilers.

Dá um pouco de raiva no final da quarta para a quinta parte, pois Mieze sabe que o cara é louco, tem tudo para dar merda, e mesmo assim, deixa a sua curiosidade te levar.

Esta é uma versão contemporânea da obra clássica Berlin Alexanderplatz e também trata da sociedade e dos forasteiros, do desejo e da farsa. Não diferente da versão de Fassbinder, o épico de Qurbani é uma viagem sombria pela "noite escura da alma" - não menos por conta de suas imagens autênticas e atmosféricas da cidade de Berlim.

O filme - BERLIN ALEXANDERPLATZ - estreia nessa quinta-feira (18 de Fevereiro), nos cinemas! Vem conferir a crítica, sem spoilers.

*Lembrando que conferimos o filme na cabine digital, para fazer a crítica! Cabe a cada um saber, qual o melhor momento de ir ao cinema ou não. Se cuidem!

Read 119 times Last modified on Quarta, 17 Fevereiro 2021 20:59

Deixe um comentário

Sobre

O blog vai muito além do nome, pretende ser um lugar onde as pessoas gostam de saber das novidades, tendências e inspirações, mas tudo com muita qualidade e bom gosto. Transformando assim o "Pouco" em algo bem relativo. {não acham?!}

Venha você, também, ser Feliz com Pouco! ♥

Conheça!

We use cookies to improve our website. By continuing to use this website, you are giving consent to cookies being used. More details…